quarta-feira, 5 de junho de 2013

Capítulo 1 - So Close Yet So Far



Tudo começou no último dia de aula, quando eu decidi fazer a maior burrada da minha vida. 
- Não acredito que finalmente acabou... - Eu disse aliviada me encostando no armário da escola que frequentei durante 16 anos da minha vida. 
- Agora só fica pior Demi, não vai se animando que faculdade é mais complicado... - Miley sempre sendo estraga prazeres.
 - Pelo menos não vou ter que aturar esses idiotas. - Eu disse me referindo ao grupo de adolescentes que acabara de passar no corredor, rindo e falando alto parecendo macacos no meio da selva. 
Fomos caminhando até a saída da escola e minha mãe já nos esperava dentro do carro estacionado do outro lado da rua. Miley já ia atravessar a rua quando eu a puxei de volta. 
- Se lembra do que eu te falei no começo do ano? - Perguntei rindo.
- Demi não... - Antes dela terminar eu corri de volta pra porta de entrada e com toda a voz gritei. 
- LIBERDADE! FODA-SE A ESCOLA! 
Sim, todos que estavam presentes me encararam naquele momento e eu nunca me senti tão bem. Voltei caminhando com um sorriso no rosto até encontrar uma Miley boquiaberta. 
- Você realmente fez isso Demetria... 
- Fiz e não me arrependo, vamos logo que eu não aguento mais essas pessoas olhando. 
Entramos no carro e fomos o caminho inteiro planejando nossas férias e falando sobre como seria ir pra faculdade. 
- Não acho que a faculdade vai ser pior! Algo me diz que nossas vidas só vão melhorar daqui pra frente. - Eu disse olhando pela janela pensando em tudo que eu já passei na porcaria da escola e em toda a liberdade que teria na faculdade. 
- Espero que você esteja certa, porque pior do que isso, só o inferno!
Chegando em casa nós almoçamos e fomos para o meu quarto como normalmente fazíamos. Miley morava somente com a mãe, então passava grande parte do tempo comigo enquanto ela trabalhava.
- Vamos fazer aquilo hoje a noite né? - Perguntei.
- Com certeza! Essa é uma oportunidade que a gente não pode perder. - Ela afirmou sorridente abrindo meu armário. - Agora me diz, qual vestido fica melhor em mim? 
Eu dei risada e comecei a experimentar a coleção de vestidos que eu tinha no meu quarto desde que minha mãe ganhou alguns kilos e doou metade das suas roupas pra mim.
Um dos meninos que estudava na nossa turma, Chad, daria uma grande festa de despedida essa noite, e claro, que não fomos convidadas. Mas nós já tinhamos um plano de fugir de casa e invadir a festinha do cara. Miley conseguiu a lista de convidados com uma amiga da aula de carpinteria. Pegamos dois nomes de meninas que já tinham dito que não poderiam comparecer e planejavamos entrar com os nomes delas.
- O que acha? - Perguntei colocando um vestido de couro preto mais ou menos até a metade da coxa, um salto de 10cm e dando uma leve arrumada no cabelo.
- Uau, até que eu te pegava se fosse homem. - Disse ela rindo. 
- Vem cá então gatinha! - Eu disse indo pra cima dela que me empurrou na cama. 
Rimos e ficamos planejando tudo a tarde toda. Miley escolheu um vestido Azul Turquesa que totalmente combinava com os olhos dela. Até que deram oito da noite. Falei pra minha mãe que iria dormir na casa da Miley, o que não deixava de ser verdade porque eu realmente iria depois da festa. Arrumei uma mochila com minhas roupas de dormir e da festa, e minha mãe nos deixou lá. A mãe da Miley ainda não tinha chegado, nos trocamos e Miley deixou um bilhete em cima da mesa dizendo que tinha ido em uma festa e que eu dormiria lá essa noite. A mãe dela era muito mais relaxada que a minha, então não tinha problema.
Saímos de casa e fomos até a casa do Chad, dois quarterões de lá. Conseguimos ouvir a música de longe e minhas mãos começaram a suar. Eu deveria ter entendido que aquilo era um sinal pra eu desistir, mas infelizmente naquela época, meu sexto sentido era péssimo.
Chegando mais perto, avistamos dois seguranças na frente da enorme casa do riquinho da escola.
- Será que isso vai mesmo dar certo Demetria? - Miley perguntou tão nervosa quanto eu. E pra passar confiança a ela respondi:
- Claro que vai Miley, relaxa.
Fomos até a porta.
- Nomes. - O segurança que mais parecia um armário de tão grande disse.
- Eh... Camila Fontes. - Eu disse, quase esquecendo o nome da menina.
Ele riscou algo na lista e se virou pra Miley, que parecia muda, esperando. Eu a empurrei de leve com o ombro e ela acordou.
- Ahhh é Daniele... Dankin. - Ela disse meio em duvida e eu tive vontade de bater nela por toda essa insegurança. Se fossemos pegas não seria muito agradável.
Mas o segurança riscou mais uma vez a lista e abriu passagem para nós. Cambaleando um pouco, nós entramos na festa.
Um monte de adolescente gritando, correndo e bebendo pra todos os lados, música alta e casais se pegando. Essa foi a minha primeira impressão da festa. Nos entreolhamos e continuamos adentrando, fingindo que estávamos super acostumadas a esse tipo de coisa.
- Eai? - Parei me virando pra ela. É claro que nunca tinha frequentado um lugar desses. Com a mãe que eu tenho, se ela descobre que eu estava lá, eu seria enforcada e esfaquiada quando chegasse em casa.
Miley me olhou sem saber o que responder e começou a se mexer de um lado pro outro numa tentativa de dançar ao ritmo da música eletrônica que tocava. Eu ri mas acompanhei ela na dança estranha e desajeitada. A cada música iamos nos soltando mais e mais.
Demos muita risada uma hora em que eu percebi que tinha um cara atrás da Miley olhando descaradamente pra bunda dela. De repente uma outra menina apareceu e deu um tapa nele, aparentemente namorada ou algo assim. Vários outros caras vieram nos abordar e a maioria bêbados tarados, demos o fora em todos. Dificil de se encontrar caras que prestem naquele lugar. Rimos e dançamos por um bom tempo.
- Acho que isso poderia ficar mais interessante... - Eu disse sugestiva, olhando para a mesa de bebidas perto de nós.
- Demi, você não bebe, e eu não vou ficar cuidando de você.
- Quem disse que eu quero que cuide? - Eu ri. - Vamos Mi, uma noite não vai prejudicar ninguém. - Nossa como eu estava errada.
- Tabom, vai lá, mas eu não te acompanho nessa. - Ela disse desaprovando a ideia. Eu dei de ombros e sai andando em direção ao mini bar.
Peguei um copo de vodka com energético só para começar. O gosto era horrível, mas eu realmente queria saber como era a sensação de ficar bêbada uma vez. Aos 18 anos, e nenhuma gota de alcool tinha entrado na minha boca. Acho que exagerei um pouco para a primeira vez. Comecei a tomar um copo atrás de outro, até que estava tomando Vodka pura.
Depois disso, não me lembro o que aconteceu.

--------------------------------------------------
Gente, primeiro já aviso que não vou postar tão frequentemente como antes. Mas vou fazer o maximo pra não demorar demais!
Espero que gostem do primeiro capítulo!  Logo logo posto mais!
Obrigada pelos comentários! Senti falta de todas vocês também! E bem-vindas novas leitoras!

14 comentários:

  1. rsrsrs o capitulo esta maravilhoso, sou nova seguidora
    Podes divulgar o meu blog http://jemidoutoraeodetective.blogspot.pt/

    beijos

    ResponderExcluir
  2. aaaaa que perfeitooo,
    demi foi show,quando ela
    disse na frente da escola
    liberdade,foda-se a escola
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkk só a demi mesmo....
    hum....to vendo que vai ter algo
    ai nessa festa...demi bêbada sei não
    kkkkkkkkkkkkkkk
    posta logooo
    beijossssssssssssssssss

    ResponderExcluir
  3. Ooh my God!
    Que perfeito!!!
    Meeu, amei a Demi dizendo "Liberdade, FODA-SE a escola!" auhsusahsuh'
    Aaain, tô vendo que alguma coisa vai rolar aí... Tô achando que a Demi vai ficar tipo mt bêbada e vai engravidar do Joe... Humm, aí depois ela nem soubesse quem ele é e ele sem saber que tinha engravidado ela =p #tenso
    Poste loogo, pleease =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seliinho pra vooc no meu blog, honey *-*
      http://jemiforeverinourdreams.blogspot.com.br/2013/06/selinhos-em-dose-dupla.html

      Excluir
  4. Noossa!
    Nunca que eu ia fazer isso em frente a escola kkkkkkk Masoq!
    plmdds, a Demi é muito santinha, mas no dia que sai, extravasa né aushaushausha'
    Enfim, tá perfeito, tô adorando.
    Demi bêbada nfjgyjkgyhgbjh
    POSTA LOGO!
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. O.O
    Demetria arteira essa hein kkkkkkkkkkkkkk!
    Eu gostei... GOstei muitooooo!
    Estou super curiosa para saber o que houve com ela essa noite!
    Ela pegou alguem só pode! Ou... Alguem pegou ela... O Joe :O!
    Liga não estou assim mesmo... Tagarela kkkkkkkkk!
    Beijos e Posta Logooooo!
    *----------*

    ResponderExcluir
  6. Selinho *------*

    http://fanficss-jemi.blogspot.com.br/2013/06/selinho-em-dose-tripla-o.html

    ResponderExcluir
  7. OMG *-*
    vc ta de volta e eu to
    IN LOVE com o capitulo sério
    que PERFEITO *O*
    AMEIIII <3333333
    POSTA LOGOOOOOOOOOOOOO
    Beijinhos!!!

    ResponderExcluir
  8. Oiee nova seguidora
    comecei a o seu blog ontem e já estou aqui doida pra saber o que vai acontecer nessa fic.

    da uma olhadinha no meu blog e se gostar divulga pleseeeeee
    www.amor4everjemi.blogspot.com.br
    Acredito Sem Querer

    ResponderExcluir
  9. Leitora novaa! Eu estou muito animada por essa fic! Espero pelo próximo! Beijos flor

    ResponderExcluir
  10. Oiiii nova seguidora, criei um blog : http://jemiprasemprejemi.blogspot.com.br/
    divulga ?

    ResponderExcluir
  11. Oooiii, nova seguidora! Divulga meu blog? http://demimeuanjo.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. hey sou nova no blog,continua logo em..
    sera que voce pode divulgar meu blog??
    http://jemi-in-our-hearts.blogspot.com.br/
    obrigada e parabens

    ResponderExcluir